23 de ago de 2010

Tupinambás traz cinco troféus do X Festival Cultural Escoteiro






O 44º Grupo de Escoteiros Tupinambás marcou presença, fez bonito e trouxe para casa cinco troféus do X Festival Cultural Escoteiro realizado no município de Tapejara, neste último final de semana, que contou com a presença de mais 300 pessoas inscritas entre jovens e chefias de sete grupos escoteiros.
Os Grupos são pertencentes aos 32º e 37º Distritos Escoteiros da Região do Rio Grande do Sul: Acauã e Tupinambás de Erechim, Bororós de Getúlio Vargas, Cariris, Guaranis e Maragatos de Passo Fundo e grupo Tapejara de Tapejara.
Na oportunidade foram 19 as músicas que concorreram em diversas categorias. O G. E. Tupinambás recebeu cinco troféus sendo eles 1º lugar paródia ramo Lobo, 1º lugar música inédita ramo Sênior, 2º lugar paródia ramo Sênior, 2º lugar paródia ramo misto e o tradicional troféu de participação do grupo no festival.
O evento teve como palco o Centro Cultural daquele município e recebeu o apoio da Prefeitura Municipal por meio das Secretarias da Educação, Cultura e Saúde. O evento destacou-se pela excelente organização, realizada pelos integrantes do G.E. Tapejara.
Aproveitando a oportunidade, no intervalo foi realizado um INDABA definindo a realização do 11º Festival Cultural Escoteiro (2011) na cidade de Passo Fundo, sendo esta responsável pela coordenação o G.E. Guaranis. Ao final das apresentações foi servido um coquetel a todos os presentes.
Com uma decisão apertada dos jurados, foram entregues as premiações do festival.

Classificação geral

Paródia ramo Lobo:
1º lugar G.E. Tupinambás
2º lugar G.E. Maragatos

Música inédita ramo Lobo:
1º lugar G.E. Bororós
2º lugar G.E. Acauã

Paródia ramo Escoteiro:
1º lugar G.E. Tapejara
2º lugar G.E. Guaranis

Paródia ramo Misto:
1º lugar G.E. Acauã
2º lugar G.E. Tupinambás

Paródia ramo Sênior :
1º lugar G.E. Tapejara
2º lugar G.E. Tupinambás

Música inédita ramo Sênior:
1º lugar G.E. Tupinambás

Carlos Alberto da Silveira
Assessoria de Imprensa

17 de ago de 2010

Chefe do Tupinambás participa de encontro escotista no Kenya




Retornou à Erechim, após viagem ao Kenya, África, oportunidade em que participou do 13º World Scout Moot, o chefe Daniel Vacaro do 44º Grupo de Escoteiros Tupinambás. A Associação dos Escoteiros do Kenya é o maior movimento juvenil daquele país, com cerca de 300 mil escoteiros e 20 mil dirigentes escotistas.
O Moot é um encontro de jovens e adultos com idades entre 18 a 25 anos, com o objetivo de partilhar experiências e oferecer serviços às comunidades. Com intervalo de quatro anos, teve sua edição, anterior à África, em Hwalien, Tailandia, China.
Daniel partiu de Erechim no último dia 24 em direção a Joanesburg, onde foi encaminhado até o campo escoteiro de Rowallan para credenciamento, montagem barraca, jantar e pernoite. Uma noite, relata ele, com sons diferentes de aves locais, macacos e outros animais.
No local localizou a sua equipe de integração, momento em que montaram, juntamente com alguns Portugueses, um altar para missas que se realizariam diariamente.
Dia 27 se deslocam para a cidade de EMBU, onde passaram no Centro de Treinamento Escoteiro da cidade e se dirigiram ao campo preparar a chegada dos integrantes.
No dia 28 revisaram o campo, banheiros, rede de água, energia elétrica e outros itens. “Os cerca de três mil escoteiros de todo o mundo chegaram ao local, onde fiz amizade com os portugueses Miguel e Cristina e a Angolana Marilia que havia conhecido no Jamboree de 2007. Um mexicano (Luiz) já se aproximou pedindo um mate, o que me causou surpresa. Ele me explicou que trabalha com três gaúchos no México, um Jordaniano, o Ijbara e um Tunisiano, o Hanini. O banho era com água fria, e faz muito frio à noite, quase zero graus”, lembra ele.
No dia 29 realizaram um passeio pela cidade e nos locais que os jovens estão realizando trabalhos comunitários, “fiquei sentido de não poder estar com eles. Também fomos a uma escola e percebemos que muitas delas possuem grupos de escoteiros internamente só que sem uniformes, pois a população é muito pobre”.
No dia 30 resolveu ficar no campo, onde fez sua ronda e ficou assombrado com a sujeira no local. Ao questionar os brasileiros, foram enfáticos: “o povo local não o habito de limpeza e jogam lixo em qualquer lugar”.
No ultimo dia, 31 em Embu, saíram para passear novamente, onde conheceram uma fábrica de chá, a montanha KIRINIRI, plantação de café, cascata, um centro de treinamento e realizar compras. Na volta encontraram uma tribo local que apresentou uma dança típica local para os jovens, e um grupo de escoteiros.
Para ele, esta viagem é uma experiência única e extremamente gratificante, pois além de conhecer a realidade de um país como a África, onde teve a oportunidade de visitar a lápide do criador do Movimento Escoteiro Mundial, Baden Powell, que através de seu pedido tem seus restos mortais em solo africano, também traz na bagagem uma vasta experiência de vida e sobre o movimento escoteiro para poder repassar aos integrantes do Tupinambás e demais grupos da região Distrital.

Carlos Alberto da Silveira
Assessoria de Imprensa

15 de ago de 2010

Renovação de promessa Escoteira


fizeram a renovacao da promessa neste sábado, 14, os escoteiros
Lucas Pieper Nich, Alana Canova; Maria Eduarda Horn; Vicenzo Goelzer e Matheus Vanzetta.

parabéns e um Sempre Alerta!

13 de ago de 2010

Tupinambás interage com pais para comemorar data




No último dia 07, o 44º Grupo de Escoteiros Tupinambás realizou uma atividade interativa entre pais e filhos em homenagem ao dia dos pais. Como local, a sede da Social da Brigada.
Na oportunidade foram feitas diversas atividades, desde palestras informando sobre o escotismo, como também jogos e atividades de equipe, onde pais e escoteiros participaram juntos em patrulhas com alegria e diversão. No final das atividades foi oferecido um coquetel regado a um ótimo chocolate quente feito pela chefe Rosangela.

Carlos Alberto da Silveira
Assessoria de Imprensa

Promessa Lobo


Realizou sua promessa, sábado,07, o lobinho Luiz Augusto Dalla Rosa.
Parabéns, agora vocês fazem parte da grande família do Tupinambás.

"Melhor possível".

9 de ago de 2010

Tupinambás recebe material enviado da Inglaterra


O radialista Dary Schaeffer, que tem uma filha morando na Inglaterra, terra onde esteve até a última semana, entregou na tarde do último sábado, 07, ao presidente do 44º Grupo de Escoteiros Tupinambás, Valter Coppini, o material enviado pelo Grupo Escoteiro da cidade de 1st Prestwood, onde tem um neto que faz parte do Ramo Lobo, os Beavers, como são chamados.
A entrega foi uma retribuição do material enviado pelo Tupinambás àquele País através de Dary, oportunidade em que lobinhos escreveram cartas e a Executiva elaborou um kit com lenço, jornais A Gralha, bandeira e distintivos que, juntamente com o Livro de Erechim e cartões postais levaram a boa mensagem ao grupo inglês.
No material entregue ao Tupinambás estão uma bandeira da Inglaterra, lenço do Ramo Lobo, distintivos, cartas dos lobinhos enviadas aos lobinhos de Erechim, cartões postais, revistas e publicações direcionadas ao escotismo e um cartão postal escrito a mão pela Chefe Loba daquele grupo enviado a Executiva e todas as chefias. No mesmo lembra a presença do Tupinambás no Jamboree Mundial que aconteceu na Inglaterra no ano de 2007, oportunidade em que Erechim esteve presente com escoteiros dos dois grupos locais.
Entre o material impresso daquele País, direcionado ao Escotismo, pode-se ver que eles possuem grandes patrocinadores, deste Apple até a Microsowt e outras grandes empresas de grande renome internacional, já que a grande maioria de seus presidentes passaram pelo Movimento Escoteiro Mundial.
Ao receber, Coppini agradeceu a Dary o material enviado pelo grupo inglês através de sua filha que mora naquele País há vários anos, momento em que garantiu que se proporcionará, junto a sede do grupo, um lugar de destaque visto a importância de um intercâmbio como este, em especial da Inglaterra, berço do Escotismo e terra de Baden Powell.

Carlos Alberto da Silveira
Assessoria de Imprensa

2 de ago de 2010

Ensaios na fase final para o Festival da Canção Escoteira



Mesmo com chuva o 44º Tupinambás não perde a garra e a determinação para que possa trazer uma boa premiação no Festival da Canção Escoteira que acontece em breve no município de Tapejara. Mais um sábado chuvoso não esfriou os ânimos da garotada.
Para tanto, os Lobinhos realizaram atividade na sede em função do cancelamento do bivaque em Getúlio Vargas, como deram andamento nos ensaios para o grande momento.
A Tropa Escoteira masculina e feminina, por sua vez, dividiram a tarde realizando jogos e ensaiando as músicas e paródias para o festival.
Enquanto alguns integrantes da Tropa Sênior elaboravam as letras e ensaiavam as músicas, o restante da tropa junto com o Pioneiro Andre Basso, construíram um pioneiria com taquara e sizal para o hasteamento das bandeiras em dias chuvosos, já que até então não havia uma estrutura adequada para esta atividade.

Carlos Alberto da Silveira
Assessoria de Imprensa