28 de jun de 2015

Tupinambás realiza visita ao Parque Municipal Teixeira Soares





O Grupo Escoteiro Tupinambás realizou sábado, 27/06, uma visita ao Parque Municipal Teixeira Soares, localizado no município de Marcelino Ramos, o objetivo principal foi a realização de um treinamento para as equipes de serviço que irão trabalhar no parque, cuja inauguração está prevista para o dia 17 de julho. Participaram da atividade todos os ramos com a presença de mais de 90 pessoas entre jovens e adultos.
O parque Teixeira Soares está recebendo investimentos em uma área de 429 hectares, que irá proteger um dos ecossistemas mais ameaçados do Bioma Mata Atlântica, além de rico refúgio de espécies nativas ameaçadas de extinção.

Ali também estão espécies nativas ameaçadas de extinção, entre as plantas, a grápia está enquadrada na categoria vulnerável do Rio Grande do Sul, enquanto a canela sassafrás se encontra em perigo no Brasil.
Entre os animais, o destaque para o gato-do-mato-pequeno, o veado-mateiro, o macuco e o pavó. O nome do parque -
TEIXEIRA SOARES, presta homenagem ao engenheiro carioca João Teixeira Soares, quem primeiro propôs ao Governo Federal a implantação de uma ferrovia colonizadora entre Santa Maria (RS) e Itararé (SP), e também ao nome popular da formação florestal típica que cobria originalmente toda a região do Alto Rio Uruguai, a Floresta Estacional Decidual ou Floresta do Rio Uruguai.

Nicole Schnipa Pereira recebe o Distintivo Escoteiro da Pátria




Durante a visita ao Parque Teixeira Soares, em Marcelino Ramos, realizada no dia 27/06/2015, Nicole Schnipa Pereira, acompanhada de amigos, chefias e familiares recebeu o Distintivo Escoteiro da Pátria, distinção máxima no ramo Sênior.
Aprovado pela Diretoria do Nível Local, homologado pela Diretoria Regional e certificado pela Diretoria Executiva Nacional, ao jovem especialmente recomendado pelos escotistas e pela Corte de Honra de sua Tropa, que:
• Tenha realizado a totalidade das atividades da Etapa Azimute;
• Tenha conquistado o Cordão Dourado;
• Possua uma das seguintes Insígnias de Interesse Especial do Ramo Sênior: Insígnia Mundial do Meio Ambiente, Insígnia da Lusofonia, Insígnia Cone Sul ou Insígnia do Desafio Comunitário.;
• Possua pelo menos 10 noites de acampamento, como Sênior, com sua Patrulha ou Tropa;
• Possuir a Insígnia da sua respectiva modalidade (Aeronauta, Naval ou Mateiro), do Ramo Sênior.

Luiz Lago realiza a Promessa Escoteira

Realizou a Promessa Escoteira no dia 20/06/2015, o Sênior Luiz Lago, recebendo das mãos das chefias e familiares o Distintivo de Promessa e o Lenço do Tupinambás. 
Parabéns, Sempre Alerta!

15 de jun de 2015

Paulo Roberto Hubner recebe a Insígnia da Madeira

Chefe Paulo Hubner acompanhado de sua assessora pessoal, Rossana Macali e do presidente do GET,  Ademir Fávero. 
 O Escotista Paulo Roberto Hubner recebeu, no dia 13/06/2015, o certificado de conclusão do nível avançado - Ramo Sênior, o Lenço de Gilwell e a Insígnia da Madeira, que é composta por uma correia de couro de extremidades unidas por um nó de aselha e duas contas, replicas do colar zulu original, uma em cada ponta.
Essa Insígnia é usada pelos Escotistas que concluíram o Curso Avançado.
O colar simboliza a partilha do dever e de conhecimentos entre as sucessivas gerações de Escotistas, é a transmissão do "fogo original" herdado de Baden-Powell. Na sua singeleza, é símbolo do desprezo pelas riquezas materiais e exemplo da forma como em pequenos simbolismos podem encerrar as verdadeiras riquezas da humanidade. É ainda símbolo da nossa casa, a Natureza. O nosso orgulho não são medalhas nem diplomas, mas sim um pedaço de madeira.
O lenço simboliza o fato de pertencermos ao grupo de Gilwell, lembra-nos o nosso compromisso de fraternidade mundial e torna-nos a todos igualmente dirigentes de um mesmo ideal. Somos todos do mesmo Grupo.
Participaram da cerimônia Chefias, jovens, pais e familiares. Parabéns chefe Paulo, esta distinção vem qualificar ainda mais o Grupo Escoteiro Tupinambás.

9 de jun de 2015

Tropa Lagarto realiza acampamento com passagem de Ramo



A Tropa Escoteira Lagarto, buscando atingir os objetivos do método escoteiro,
realizou mais um acampamento entre os dias 06 e 07 de Junho 15.
Orientada e acompanhada pelos Chefes Marlon, Gerson, Taíse, Rejane e Albuquerque
a Tropa desenvolveu a atividade na propriedade do Sr Jean Zanardo e desta vez, 
por proposta da Tropa, o acampamento foi voltado principalmente a parte
de técnicas escoteiras, valendo um troféu de Eficiência de Campo.
Montagem de sub campo, fogueiras de acampamento, pioneirias, sinais de pistas
e código Morse foram explorados através do método de teoria e prática.
Aconteceu também nesse acampamento, a passagem de cinco jovens do Ramo
Lobinho para o Ramo Escoteiro. A Tropa Lagarto dá as boas vindas aos novos integrantes 
e lhes deseja ótimas atividades no novo ramo.





A patrulha Leão foi a vencedora do Troféu Eficiência de Campo, onde foram
avaliadas o desempenho das patrulhas nas atividades e jogos, com enfase na montagem
do sub campo. À Patrulha Leão os parabéns pela conquista e o reconhecimento da Tropa 
Lagarto pelo excelente desempenho e dedicação na atividade.
Texto: Ebrair Albuquerque


8 de jun de 2015

Larissa Coan conquista distintivo de Cruzeiro do Sul


Depois de muito esforço, dedicação e vontade de aprender, a lobinha Larissa Coan recebeu, no último dia 06, o seu distintivo de Cruzeiro do Sul. 
Com a presença de familiares, escotistas e membros dos ramos Lobo e Escoteiro, demonstrou, através de uma grande emoção, a satisfação de receber a mais alta conquista dentro do ramo Lobo no Movimento Escoteiro Mundial.

7 de jun de 2015

Paulo Roberto Hubner recebe condecorações concedidas pela União dos Escoteiros do Brasil

O chefe Paulo Hubner do Ramo Sênior do G. E. Tupinambás,  recebeu na tarde do dia 30 de maio, duas importantes condecorações concedidas pela União dos Escoteiros do Brasil - UEB.
A medalha de Bons Serviços - 10 anos e Medalha de Gratidão - Grau Bronze.
A entrega foi realizada na cerimônia da bandeira, com a presença da direção executiva, chefia e os jovens e todas as seções.

A Medalha de Bons Serviços
É concedida aos associados do Movimento Escoteiro para premiar a boa e eficiente atividade escoteira, pelo tempo em que o associado esteve registrado. Mais do que uma simples contagem de tempo, a medalha de bons serviços, como o próprio nome diz, requer uma atuação de destaque, que ultrapassa o fiel cumprimento do dever e que revela dedicação e comprometimento com a causa escoteira.

Medalha de Gratidão - Grau Bronze
Considera-se para este grau os grandes e comprovados serviços prestados em Nível Local (Grupo Escoteiro, Seção Escoteira Autônoma) ou ao Distrito Escoteiro. Exemplos: Dirigentes com atuação destacada no exercício de seus cargos durante uma gestão no Grupo Escoteiro, Chefes de Seção cuja seção é exemplo em organização e aplicação do Método Escoteiro, entidades que cedem instalações e possibilitam o desenvolvimento de atividades, colaboradores (pais de apoio, membros do CFL (Clube da Flor de Lis), instrutores, integrantes da Comissão Fiscal. etc) com atuação frequente e destacada na Unidade Escoteira Local ou no Distrito Escoteiro. Devem ser considerados pelo menos 2 anos de grandes e comprovados serviços no nível para concessão deste grau.