28 de jul de 2013

Tropas Escoteira e Sênior realizam Concurso de Charges

Para cumprir com uma das etapas XXII Mutirão Nacional Escoteiro de Ação Ecológica cujo tema é
ÁGUA: O MUNDO QUE QUEREMOS e com o Objetivo de cumprir o item nº 5 da Insígnia Mundial do Meio Ambiente - IMMA,  que trata do tema Desastres Ecológicos, foi realizado um concurso de charges com o Objetivo didático de estimular a capacidade crítica e de síntese das situações envolvendo o meio ambiente.A Atividade foi proposta aos Ramos Escoteiro e sênior.
As Charges informam, conscientizam e nos fazem refletir, ou seja, charges são uma brincadeira muito séria. Baden-Powell também era mestre em desenhar com bom humor.
Por isso, os participantes desenharam charges que mostram o perigo do comportamento predatório humano, como o desmatamento e o consumo exagerado e como nossas ações podem provocar o aquecimento global e seus efeitos, como enchentes, secas, etc.
As charges serão expostas para todas as seções  e serão utilizadas para ilustrar material de divulgação do
G. E. Tupinambás.
O concurso teve ótima participação com excelentes trabalhos, confira abaixo.













23 de jul de 2013

Clicks da história: Tarcisio Assoni relembra histórias vividas no escotismo



Acampamento Sul americano em Osório RS - Jan/1990
"Eu, Gemelli , Pity Lonzetti, Dariva e outros tantos que não lembro  nomes e apelidos, foram 3 três anos mas muito bem aproveitados, entrei no escotismo com 14 anos em 1989, logo fui para o Ramo Sênior e lá fiquei dois anos, Me lembro da Família Lonzetti,o Chefe escoteiro Martinoski chamado de Míudo, Professor Palaro também Chefe.
 Foram muitos acampamentos escoteiros e quando não havia a nossa turma pegava as bicicletas e deciamos pela volta grande e iamos acampar na linha seis, povoado Coan e outras localidades foi uma epóca muito boa, tive muitas experiências de companherismo, união, sobrevivência, e muito especial o que me marcou foi orzanização pessoal que me ensina até hoje."

Tarcisio Assoni
Gerente de Vendas
Cordial FIAT

17 de jul de 2013

Tropa Lagarto realiza acampamento “no tempo de BP”






No ultimo final de semana, a Tropa Lagarto do G. E. Tupinambás realizou o acampamento “no tempo de BP”, na chácara da chefe Aline Dotta,  local muito aconchegante e com belo visual.
Na oportunidade os escoteiros puderam realizar a especialidade de pesca, em nível um e dois., Aplicada pelo pescador Nei, que passou todas as informações sobre esse esporte.
E também vários adestramentos tais como montagem de fogueiras e outros.
O destaque foi a ida ao local que foi em marcha de 08 km percorrida pelas ruas da cidade.
Também foi realizada neste acampamento a promessa da escoteira Natasha , e a passagem do Ramo Lobo para o Ramo Escoteiro  de Rafael Lavratti, e também a passagem para o Ramo Sênior  dos escoteiros Gustavo Sebben e Thierry  Eduardo.

Gerson Corazza

14 de jul de 2013

Tupinambás participa da 3ª Caminhada de Prevenção às Drogas

Com grande representatividade, participantes de 55 entidades estiveram presentes na 3ª Caminhada de Prevenção às Drogas realizada na manhã de sábado (13). O evento teve início com mateada na Praça da Bandeira, seguido de caminhada com participação de mais de mil pessoas que se dirigiram até a Praça Júlio de Castilhos e retornaram para frente da Prefeitura.
“É preciso chamar a atenção da sociedade para a gravidade da problemática da drogadição que atinge muitas comunidades. Para isso precisamos mobilizar as pessoas para mostrarmos que, através de ações contínuas e focadas, podemos mudar a realidade orientando, prevenindo e proporcionando proteção às famílias no que se refere ao uso de drogas”, destaca o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Jackson Arpini falando em nome dos idealizadores do projeto.
A caminhada marcou mais uma ação do projeto “Orientação que bate à porta” que tem como objetivo, entre outras ações, a visita de voluntários, devidamente capacitados, às residências da cidade, para orientar os pais sobre como proceder para prevenir o uso das drogas com distribuição de material educativo. “A cartilha, que está na sua terceira edição e aborda orientação, prevenção e proteção às famílias sobre a problemática das drogas, já teve 23 mil exemplares distribuídos desde 2010”, pontua Jackson, salientando que exemplares da cartilha foram entregues à população durante o evento.
Para o presidente do Conselho Municipal de Entorpecentes (Comen), tenente-coronel Ricardo Hofmann, comandante do 13º Batalhão de Polícia Militar o evento teve como objetivo chamar a atenção da sociedade para os problemas decorrentes da dependência química como o álcool e outras drogas. “Ainda, buscamos o engajamento da comunidade para as ações de promoção, prevenção e combate às drogas, bem como por um movimento pela paz”, frisa o comandante.

7 de jul de 2013

Tupinambás recepciona Guias do G. E. Moacara para o "Grande Jogo"






A Tropa Sênior do G. E. Tupinambás recepcionou neste final de semana três Guias do G. E. Moacara de Caxias do Sul, para uma atividade de integração.
O Grande Jogo é uma tradição da Tropa Guia Cambuim e é desenvolvido em duplas ou trios de guias que interagem com outros grupos escoteiros, localizados em diferentes pontos cardeais do nosso estado, conforme sorteio realizado em Conselho de Tropa. Neste “jogo” as guias são responsáveis pela organização da viagem, dos relatórios e de algumas atividades com a supervisão da chefia. Por outro lado, a atividade principal e a estadia das guias ficam a cargo do Grupo Escoteiro que irá recepcioná-las.
O Grande Jogo tem por Objetivo Geral proporcionar um desafio à Guia dando oportunidade de desenvolvimento de suas potencialidades físicas, intelectuais, sociais, afetivas, espirituais e de caráter.
Para viabilizar a atividade, foi realizado um acampamento na Chácara Meneguzzo, onde as guias Vitória Knebel Zimmer, Bruna Scortegagna Rodrigues e Ayla Marcella de Aguiar Scholdz fizeram a entrega da história da cidade de Caxias do Sul, do grupo Moacara e da Tropa Cambuim, bem como canções escoteiras, jogos, croqui de pioneiras e receitas de comidas mateiras, entre outros.
Ao final da atividade foi realizada a tradicional troca de lenços e presentes entre os grupos. A avaliação dos jovens e chefias é que foi uma excelente atividade de integração que proporcionou uma grande troca de experiências a todos.

4 de jul de 2013

Festa Junina animada no arraiá do Tupinambás






Dando continuidade as atividades que acontecem todos os anos em datas comemorativas ou de folclore nacional, a sede do 44º Grupo de Escoteiros Tupinambás foi, no último sábado, 29 de junho, o cenário para a Festa Junina, um momento ímpar do ano onde se pode extrapolar na fantasia, diversão e extravasar a alegria ao máximo.
Para que ficasse tipicamente caracterizada, além das vestimentas caipiras, teve música, comida típica, danças e até casamento caipira com padre e tudo mais que tem direito. 
Crianças e jovens, bem como a executiva e chefias capricharam na caracterização garantido muita diversão para todos os participantes.
Na avaliação dos chefes, o arraiá do Grupo não é apenas uma festa típica a ser comemorada uma vez por ano, mas sim uma oportunidade de se viver mais estas datas que estão inseridas em nosso folclore, como também proporcionar aos jovens uma maior integração, visto que nesta oportunidade todos são participantes de uma grande festa, independente de serem lobinhos, escoteiros, sênior ou pioneiro.

Carlos Alberto da Silveira
Assessoria de Imprensa