31 de mai de 2015

Tropa Sênior realiza jornada pela via férrea




A Tropa  Charrua do G. E. Tupinambás realizou sábado, 30/05, uma jornada utilizando diferentes formas de deslocamento, o objetivo foi documentar e registrar o estado em que se encontra a ferrovia, bem como interagir com a comunidade das cidades de Gaurama e Viadutos.
Para a realização da jornada foram utilizados deslocamentos via ônibus de linha, embarcado em um veículo motorizado sobre trilhos a "Maria Charrua" e caminhadas,  foram percorridos em torno de 40Km com algumas dificuldades, muita aventura e diversão.
Na oportunidade foi possível registrar o descaso e abandono da ferrovia, sendo realizado um debate sobre o assunto com os jovens durante o percurso. À tarde os Sêniors realizaram diversas tarefas de interação com a comunidade de Viadutos, concedendo entrevista na Rádio local, conversando com moradores e ex-funcionários da RFFSA, realizando registros fotográficos de monumentos e entrevistando autoridades.
A Atividade foi muito proveitosa, além de divulgar o Movimento Escoteiro, foi possível conhecer um pouco mais sobre a história regional.

26 de mai de 2015

Ramo Lobo realiza oficina de Horticultura



Foi realizada no sábado, 23/05, na chácara do GET uma oficina de hoticultura, ministrada pelo agricultor Eloir Grizeli. Na oportunidade os lobinhos foram orientados sobre o cultivo e manutenção da horta dos lobos (crianda pelos pais dos lobinhos Kauã, Gabriel, Fraga, Ana Pedott e Miguel.
Cada matilha teve um canteiro demarcado e a mesma será respnsável pelo cultivo e colheita do que lá foi plantado.
Foram plantadas mudas de repolho roxo, rúcula, ervas aromáticas e medicinais e citronela.

3 de mai de 2015

Ramo Lobo realiza a Promessa de quatro Lobinhos

Da esquerda para a direita: Arthur Alarcão Mosquera, Letícia Zago Lyrio, Gabriel Molozzi e Rafael Brendler Pizarro.
Crédito Foto: Carolina Pietrobom
Na tarde do último sábado, 02/05, os Lobinhos Arthur Alarcão Mosquera, Letícia Zago Lyrio, Gabriel Molozzi e Rafael Brendler Pizarro, realizaram a sua promessa, recebendo das mãos das Chefias o distintivo e o lenço do grupo, os mesmos estavam acompanhados pelos pais e familiares.
Parabéns e sigam sempre fazendo o "Melhor Possível".

Karen Daniele Longo realiza sua Promessa Escoteira

A Escoteira Karen Daniele Longo, realizou no dia 02/05/2015 a sua esperada promessa escoteira, acompanhada pelas chefias, familiares e colegas, Karen trocou o Distintivo de Promessa do Ramo Lobinho pelo da Promessa Escoteira.
A promessa escoteira sintetiza o embasamento moral do Movimento Escoteiro. No momento da Promessa, os membros do Movimento comprometem-se voluntariamente a conduzirem-se de acordo com a orientação moral do Movimento, reconhecendo a existência de deveres que têm de ser cumpridos. Os elementos da Promessa Escoteira estão contidos nos Princípios do Movimento Escoteiro.
Parabéns, Sempre Alerta!

Nicole Pereira recebe o Cordão Dourado - Ramo Sênior

Crédito foto: Carolina Pietrobon
Crédito foto: Carolina Pietrobon
A Guia Nicole Pereira, recebeu em 02/05/2015 o Cordão Dourado, concedido pela Diretoria do Nível Local, por proposta dos escotistas da Seção, ao jovem que possuir o Cordão do Desafio Sênior, que for especialmente recomendado pela Corte de Honra de sua Tropa e que possuir, no mínimo, quinze especialidades, estando entre estas a especialidade de Primeiros Socorros, no nível 3 e mais três especialidades do ramo de conhecimentos Serviços, todas no nível 3.

1 de mai de 2015

Tupinambás participa de Acampamento Distrital em Carazinho

 O Grupo Escoteiro Tupinambás participou nos dias  25 e 26 de abril, do Acampamento Distrital comemorativo aos 85 anos do Grupo Levino Junges de Carazinho, que contou com mais de 500 inscritos de diversos grupos escoteiros da região.
O  Tupinambás participou com mais de 70 integrantes, representados pelos Ramos Lobo, Escoteiro, Sênior e Pioneiro.
Além da competição o evento promoveu um ambiente de amizade e integração entre os Grupos Escoteiros. No ramo Lobinho o acampamento buscou através das atividades e jogos a socialização e a convivência em grupo com base no livro da Jangall. 
Entre as atividades programadas o evento teve várias competições, divididas por bases, com conhecimentos escoteiros, arco e flecha, nós e amarras, lancerrote, percurso com búsola, pista de obstáculos, tiro ao alvo, rastejo etc.
O Ramo Sênior também participou de uma atividade de jangadagem, onde os mesmos tiveram que construir sua jangada com boias e taquaras, descendo um percurso em torno de 05 km pelo Rio da Várzea.

Foto: Carolina Pietrobon
Foto: Divulgação UEB/RS
Foto: Divulgação UEB/RS
Foto: Ricardo Favarin
Foto: Divulgação UEB/RS