22 de out de 2016

Sêniors e Pioneiros realizam debate sobre Escotismo e Homoafetividade

A Tropa Sênior e o Clã de Pioneiros do Tupinambás realizaram na tarde de sábado, 22, na sede do GET, um debate sobre a homoafetividade  e o Movimento Escoteiro.
A atividade foi coordenada pela Pioneira Vanessa Albuquerque e contou com a participação de mais de 20 pessoas entre chefias e jovens.
Na oportunidade foi entregue a cada patrulha uma cópia do Posicionamento oficial sobre homoafetividade da UEB Nacional para dar subsídios à discussão. Houve grande participação e interesse dos jovens sobre o tema, sendo muito produtivo e esclarecedor segundo as chefias.
Abaixo o Posicionamento oficial dos Escoteiros do Brasil sobre oTema:

Posicionamento oficial sobre homoafetividade

Considerando que o Escotismo é um movimento educacional que visa contribuir para que os jovens desenvolvam seu caráter; que os princípios adotados pelos Escoteiros do Brasil norteiam, em seus deveres para com o próximo, a valorização dos direitos humanos, com respeito aos diferentes modos de pensar; o respeito à natureza particular dos sexos, sem quaisquer preconceitos, e, no plano das relações pessoais, os jovens são convidados a desenvolver sua afetividade com respeito e pautando pelo amor seu comportamento sexual;
Considerando que estão entre os princípios fundamentais do Programa Educativo dos Escoteiros do Brasil:
A determinação de que o Escotismo deve atender às necessidades dos jovens de todos os segmentos da sociedade, devendo ser flexível para adaptar-se a diversidade de qualquer natureza;
O pressuposto de que as práticas educativas devem ser vinculadas com a realidade dos jovens e conectadas com as frequentes mudanças da sociedade;
Considerando que o Planejamento Estratégico dos Escoteiros do Brasil almeja:
Propiciar o desenvolvimento de atitudes práticas e comportamentos para a vida, estimulando os jovens a contribuir na construção de uma sociedade mais justa e solidária;
Oferecer material permanentemente atualizado para a formação de adultos, incorporando temas que contemplem os valores assumidos pela Instituição;
Considerando que os Escoteiros do Brasil fazem parte do Conselho Nacional da Juventude (Conjuve), assumindo papel relevante na formulação de políticas públicas para jovens, sendo formadores de opinião; que a questão da homoafetividade vem ganhando atenção da sociedade de forma geral, sendo frequentemente abordada na mídia, e que, por diversas vezes, a Instituição vem sendo questionada sobre seu posicionamento a respeito;
Considerando que a Organização das Nações Unidas reconhece o direito da população LGBT dentro do marco legal dos Direitos Humanos, a partir das resoluções adotadas pela sua Assembleia Geral em 2011, apoiadas pelo Brasil e outros 95 estados membros, e pelo documento “Nascidos Livres e Iguais - orientação sexual e identidade de gênero no regime internacional dos Direitos Humanos” de 2012;
Considerando que a Rede Nacional de Jovens Líderes, por intermédio da Carta de Natal, recomendou uma maior discussão do tema homoafetividade pelos Escoteiros do Brasil;
E considerando ainda a ampla pesquisa realizada com os adultos associados aos Escoteiros do Brasil, ouvidos todos os Estados brasileiros e o Distrito Federal, complementada com grupos focais realizados em diversos estados,
O Conselho de Administração Nacional apresenta o Posicionamento dos Escoteiros do Brasil em relação ao tema:
1) A homofobia, bem como qualquer outro tipo de discriminação, é contrária aos princípios escoteiros de tolerância e respeito às diferentes formas de pensar, sendo portanto, um comportamento que exige medidas educativas por estar em desacordo com os princípios e os valores do Movimento Escoteiro;
2) Observada a Política de Proteção Infantojuvenil dos Escoteiros do Brasil, as relações homoafetivas e heteroafetivas são respeitadas no Movimento Escoteiro, tanto para membros juvenis, quanto para os voluntários adultos;
3) O tema faz parte da ampla temática dos Direitos Humanos, sendo abordado no Programa dos Ramos Lobinho, Escoteiro, Sênior e Pioneiro, de forma diferenciada, própria para cada faixa etária e com material de apoio adequado;
4) O tema faz parte do conteúdo de cursos de formação de adultos, permanentemente revisto e adaptado às novas realidades.
Curitiba, 18 de abril de 2015.
Márcio Andrade Cavalcanti de Albuquerque
Presidente do Conselho de Administração Nacional

12 de out de 2016

VI Desafio Tupinambás de Carrinhos de Lomba





Na manhã do dia da Criança, os lobinhos do GE Acauã e do GE Tupinambás participaram do VI Desafio Tupinambás de Carrinhos de Lomba. Como tradicionalmente vem ocorrendo, os pegas ocorreram na rua ao lado do Seminário Nossa Senhora de Fátima, com direito a café colonial oferecido pelos lobos do Tupinambás.
O desafio teve duas modalidades: Carrinhos com roda de rolimã e carrinhos com outras rodas (chamada de Força Livre). Além de familiares, amigos e lobinhos que foram prestigiar os amigos, tivemos 31 competidores, sendo 20 no rolimã e 11 no Força Livre. 
Ao final, até os pais aproveitaram o desafio e voltaram a ser crianças descendo pela pista com os carrinhos dos seus lobinhos.

Arrancadão Rolimã:
1º Lugar 28'46" = Cristian - GE Acauã (carro "Bombeiro") e Kelly - GE Acauã (carro "malhado"), 
2º Lugar 32'23" = Alan - GE Tupinambás (carro "Flecha")
3º Lugar 32'46" = Betina - GE Tupinambás (carro "Flinstones")
4º Lugar 32'62" = Eloá - GE Acauã (carro "Acauã")
5º Lugar 32'63" = Rafa Pizarro - GE Tupinambás (carro "1")

Arrancadão Força Livre:
1º Lugar 20'63" = João Pedro - GE Tupinambás (carro "Pikachu") 
2º Lugar 20'73" = Marina - GE Acauã (carro "007")
3º Lugar 21'43" = Guilherme - GE Acauã (carro "Ucrânia")
4º Lugar 21'95" = Fiorentin - GE Tupinambás (carro "4")
5º Lugar 22'17" = Marco A. Torres - GE Acauã (carro "Lobo Branco")

Duelão Rolimã:
1º Lugar Luís Felipe - GE Tupinambás
2º Lugar Betina - GE Tupinambás
3º Lugar Rafa Pizarro - GE Tupinambás
4º Lugar Alan - GE Tupinambás

Duelão Força Livre:
1º Lugar Marina - GE Acauã
2º Lugar João Pedro - GE Tupinambás
3º Lugar Guilherme - GE Acauã
4º Lugar Fiorentin - GE Tupinambás

Além desses competidores, receberam medalhas pela participação e capricho no carrinho os lobinhos Isabella ("44") do GE e ainda a Sofia ("Ursinhos Carinhosos") e Cristian ("Bombeiro") do GE Acauã.

Tupinambás realiza 2º “A Scout's Day” em parceria com o Centro de Línguas da URI

O 44º Grupo de Escoteiros Tupinambás e o Centro de Centro de Línguas URI Campus de Erechim realizaram, no último dia 08, na chácara que pertence ao grupo, o segundo "A Scout's Day" (Um dia de Escoteiro), uma atividade de Imersão em Inglês para alunos da URI que estudam o Idioma.
O Objetivo da atividade foi levar os estudantes a vivenciar, de forma divertida o idioma como se estivessem em um país de língua Inglesa.
O evento contou com a participação de 41 estudantes e foi coordenado pelos chefes escoteiros e professores da URI.
A atividade contou com uma programação composta  por oficinas, jogos escoteiros, atividades radicais com a pista de rastejamento na Lama e a e trilha sensitiva dentro do rio Suzana, promovendo uma integração entre as quatro equipes participantes.
O evento atingiu os objetivos propostos, sendo avaliada positivamente por todos os estudantes e professores, promovendo muita diversão e aprendizagem, além de proporcionar uma grande integração entre os estudantes e escoteiros.